Biosseguridade O que é e sua Importância

12/05/2020

Tendência

get_the_title

VETANCO

  • Rua Raimundo Zanella, 400D - Distrito Industrial Flávio Baldissera
    89813-824 Chapecó - Brasil
  • 55 49 3329.7099
  • Web
Revista: nutriNews Brasil 1 Trimestre 2020

REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

BRASIL. Circular Nº 130/2007/CGPE/DIPOA – Exportações de carne suína para os estados-membros da União Européia. 2007. Disponível em: www.agricultura.gov.br.

DEE, S. A. Biossecurity: a critical review of today’s practices. In: AME­RICAN ASSOCIATION OF SWINE VETERINARIANS. Iowa, 2003. p. 451-455. DESROSIERS, R. Transmission of swine pathogens: different means, diferents needs. Animal Health Research Reviews, v. 12, n. 1, p. 1–13, 2011. Doi: 10.1017/S1466252310000204.

KIM, Y.; YANG, M.; GOYAL, S. M.; CHEERAN, M. C-J.; TORREMO­RELL. M. Evaluation of biosecurity measures to prevent indirect trans­mission of porcine epidemic diarrhea virus. Veterinary Research, v. 13, n. 89, p. 1-9, 2017. Doi: 10.1186/s12917-017-1017-4.

KICH, JALUSA DEON; MALGARIN, CAROLINA MACIEL. Controle de salmonella na suinocultura. In: Embrapa Suínos e Aves-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE VETERINÁRIOS ESPECIALISTAS EM SUÍNOS, 17. 2015, Campinas. Anais… Concórdia: Embrapa Suínos e Aves, 2015. p. 98-107. Volume 1., 2015.

LAANEN, M.; PERSOONS, D.; RIBBENS, S.; DE JONG, E.; BCALLENS, B.; STRUBBE, M.; MAES, D.; DEWULF, J. Relationship between biosecurity and production/antimicrobial treatment characteristics in pig her­ds. The Veterinary Journal, v. 198, p. 508–512, 2013.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO http://www.agricultura.gov.br/noticias/ministerio-intensifica-vigilancia-para-evitar-peste-suina-africana

MORÉS, N.; CARON, L.; COLDEBELLA, A.; BORDIN, L. C. Biosseguridade mínima para granjas de suínos que produzem animais para abate. Brasília: Embrapa, novembro 2017.

MORÉS, N.; AMARAL, A. L.; VENTURA, L. V.; ZANELLA, J. R. C.; MORI, A.; DAMBRÓS, J. A.; PROVENZANO, G.; BISOLO, I. Disseminação do vírus da doença de Aujeszky, envolvendo o comércio de reprodutores suínos de reposição. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 59, n. 6, p. 1382-1387, 2007.

MORÉS, N., & GAVA, D. (2017). Realidade e estratégias para melhoria da biosseguridade nas granjas de suínos que produzem animais para abate no Brasil. In Embrapa Suínos e Aves-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PRODUÇÃO E SANIDADE DE SUÍNOS, 2., 2017, Jaboticabal. p. 32-38.

MORÉS, N.; SILVA, V.S.; BORDIN, L.C. Biossegurança para rebanhos suínos. In: SUINOCULTURA TROPICAL, v1, Parte 14 – Proteção da produção animal, cap. 5. Suínos. p. 1239-1244, 2008.

SOBESTIANSKY, J. Sistema intensivo de produção de suínos: programa de biossegurança. No. 636.4 SOBs. 2002.

 

Deixe seu comentário