Efeito da densidade de criação na deposição de microminerais em suínos Efeito da densidade de criação na deposição de microminerais em suínos
 
02 abr 2021

Efeito da densidade de criação na deposição e transporte de microminerais em suínos

 

Os sistemas de engorda de suínos têm sido caracterizados pelo aumento do tamanho das granjas juntamente com o aumento do número de animais para otimizar o manejo e a eficiência.

 

No entanto, a densidade de criação é um parâmetro importante da produção de suínos. A densidade afeta a eficiência alimentar, taxas de crescimento e mortalidade, assim como influencia o comportamento e o grau de estresse dos suínos.

Microminerais, incluindo cobre, zinco, ferro e manganês são nutrientes essenciais devido ao papel significativo que possuem para o funcionamento adequado de basicamente todos os processos bioquímicos em uma ampla variedade de processos fisiológicos. Deste modo, a deficiência de microminerais pode levar a prejuízos tanto no desempenho, quando na manutenção da saúde dos animais.

Apesar da relação entre a densidade de criação e o bem-estar dos suínos já ser bem descrita na literatura, nenhuma pesquisa havia sido realizada para determinar as relações entre altas densidades de criação e concentrações séricas e hepáticas de microminerais em suínos.

Portanto, para investigar a relação densidade de alojamento vs microminerais, uma pesquisa comandada pelo Dr. Yulong Yin, da Hunan Agricultural University, avaliou os efeitos de diferentes densidades de alojamento na deposição de microminerais para suínos em crescimento.

Para realizar o estudo, foram utilizados 288 suínos machos (Duroc × Landrace × Grande) com idade de 95 ± 5 dias e peso corporal de 44,35 ± 0,50 kg.

Os animais foram atribuídos aleatoriamente a um dos três tratamentos de densidade: baixa, média ou alta (8, 16, ou 24 suínos, respectivamente, por baia, área de alojamento, 19,67 m2).

Os nutrientes da ração atenderam aos requisitos recomendados pelo NRC para suínos na faixa de peso observada acima.

 

Concentração de microminerais no soro e no fígado

As concentrações séricas de zinco (Zn), ferro (Fe) e manganês (Mn) dos suínos foram menores nos grupos de densidade média e alta quando comparados com aqueles em o grupo de baixa densidade, enquanto o Fe e o Mn do fígado aumentaram significativamente.

Além disso, não houve diferenças no soro ou cobre hepático (Cu) entre os três grupos.

 

 

Expressão de mRNA de transportadores no fígado e mucosa intestinal
O aumento da densidade foi significativamente associado à regulação positiva da expressão do mRNA transportador, incluindo a SLC30A3, relacionada ao transporte de zinco; ATP7A e  ATP7B relacionadas ao transporte de cobre, e FRRS1 relacionada ao transporte de ferro no fígado dos suínos alojados no grupo de densidade média quando comparado em indivíduos no grupo de baixa densidade.

O aumento da densidade foi significativamente associado à regulação positiva da expressão do mRNA de MT-2b (relacionada ao transporte de cobre) na mucosa jejunal de suínos e SLC11A2 e FRRS1 na mucosa ileal de suínos no grupo de alta densidade em comparação com aqueles no grupo de baixa densidade.

 

Os pesquisadores pontuaram que este é o primeiro estudo que avaliou os efeitos da densidade de criação nos microminerais em suínos de engorda.

Em resumo, os autores concluíram que a densidade de criação afeta as concentrações de microminerais no soro e fígado e a expressão de mRNA de transportadores de microminerais no fígado e na mucosa intestinal.

De acordo com os pesquisadores, esses resultados indicaram que o teor de Fe e Zn devem ser regulados no ajuste da densidade de criação de suínos.

 

Para consulta do artigo completo clique aqui

As informações desse texto foram retiradas do artigo intitulado “Deposition and transport of trace mineral elements were affected by stocking density in fattening pigs” com autoria de:

XinWuab, Lumin Gaoab, Kai Zhouab, Xue Liab, Xue Linab, Dan Wana, Xia Xionga, Gang Liua, Yulong Yin ab

a Key Laboratory of Agro-ecological Processes in Subtropical Region, Institute of Subtropical Agriculture, Chinese Academy of Sciences, National Engineering Laboratory for Pollution Control and Waste Utilization in Livestock and Poultry Production, Scientific Observing and Experimental Station of Animal Nutrition and Feed Science in South-Central, Ministry of Agriculture, Hunan Provincial Engineering Research Center for Healthy Livestock and Poultry Production, Changsha, Hunan, 410125, China

bHunan Co-Innovation Center of Safety Animal Production, College of Animal Science and Technology, Hunan Agricultural University, Changsha, 410128, China

Adaptado por Márcia Cândido – nutriNews Brasil




NOVIDADES

 

REVISTA

Revista nutriNews Brasil 2 TRI 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 





Veja outras revistas



 

Cadastro Newsletter nutriNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

nutriTips
nutriNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies