Espaço de comedouro ideal para frangos de corte | nutriNews Brasil
 
10 mar 2021

Espaço de comedouro ideal para frangos de corte

O espaço adequado no comedouro, que permite às aves comer à vontade, é importante para uma produção de frangos de corte eficiente e voltada para o bem-estar.

O espaço insuficiente do comedouro pode causar competição, agressão e frustração entre as aves e diminuir seu bem-estar, enquanto o espaço excessivo do comedouro leva à utilização ineficiente de recursos.

Espaços de comedouro de 1,2 a 5,1 cm/ave para a produção comercial em alta densidade de frangos de corte têm sido recomendados por agências governamentais, empresas de criação e institutos científicos. Por exemplo, a Cobb recomenda 1,5 a 2,1cm/ave e comedouros que atendam 50 a 70 aves; já a USDA recomenda 1,2 a 2,1 cm/ave e 45 a 80 aves por comedouro; a SASSO recomenda 50,1 cm/ave.

No entanto, poucas pesquisas foram conduzidas para validar essas recomendações de espaço por meio do monitoramento contínuo dos comportamentos alimentares dos frangos de corte, que são indicadores cruciais do uso do comedouro.

Compreender as respostas do comportamento alimentar acima mencionado para diferentes espaços de comedouro pode fornecer insights sobre o projeto e manejo de comedouros para frangos de corte.

Devido à falta de pesquisas para determinar qual seria o tamanho ideal de comedouros de frangos de corte, pesquisadores do Mississippi State University, University of Tennessee e USDA se uniram para realizar um experimento e obter respostas. O estudo focou no comportamento alimentar das aves.

No experimento foram utilizados 720 frangos de corte Ross 708 de sexo misto. Os frangos foram divididos em 4 tratamentos, sendo eles:

  • Grupo 1. comedouro com 2,3 cm/ ave totalmente aberto compartilhado por 45 aves;
  • Grupo 2. comedouro com 2,3 cm/ave com 3 comedouros parcialmente bloqueados e compartilhados por 45 aves;
  • Grupo 3. comedouro com 4,6 cm/ave com 3 comedouros parcialmente bloqueados compartilhados por 45 aves;
  • Grupo 4. comedouro com 6,9 cm/ave com 3 comedouros totalmente abertos compartilhados por 45 aves.
Comportamento alimentar das aves

No geral, os frangos gastaram em média 72,4 a 144,4 min nos comedouros diariamente, o que significa que em 24h eles passam 5,0 a 10,0% do tempo nos comedouros. Os frangos visitaram o comedouro 73 a 125 vezes por dia e permaneceram no comedouro por 0,8 a 1,6 min por visita.

No geral, os frangos comeram por 4,2 ± 1,3 min no Grupo 1; 7,1 ± 1,6 min no Grupo 2; 6,1 ± 1,6 min no Grupo 3, e 6,4 ± 2,2 min no Grupo 4, dentro de cada hora do dia. Sendo que o maior número de visitas foi observado nas aves do Grupo 2, com 7 ± 1 vezes, seguido pelas aves do Grupo 3 e 4, com 6 ± 1 visitas, durante o período de 1h.

Os frangos do Grupo 1 (2,3cm/ave comedouro totalmente aberto) passaram menos tempo no comedouro e visitaram o comedouro com menos frequência do que os frangos em outros tratamentos.

A taxa de utilização do comedouro foi a mais alta para o Grupo 2 (2,3cm/ave comedouro parcialmente bloqueado).

Os pesquisadores também observaram que o tempo de alimentação, o número de visitas ao comedouro e a taxa de utilização do comedouro diminuíram com o aumento da idade das aves. Da 5ª para a 8ª semana de vida das aves, a taxa de utilização do comedouro caiu quase pela metade.

Uso simultâneo do comedouro

O comedouro do Grupo 1 foi usado simultaneamente por 2 frangos na maior parte do tempo (19,9%). De 94,2 a 99,9% do tempo, menos de 6 aves escolheram comer simultaneamente em um comedouro.

O número máximo de aves alimentando-se simultaneamente em um comedouro foi de 13 em no Grupo 1, 9 no Grupo 2, 10 no Grupo 3 e 12 no Grupo 4 (6,9 cm/ave com 3 comedouros totalmente abertos).

Os autores destacaram que por ser uma pesquisa o tamanho dos grupos foram de apenas 45 aves e em um espaço muito menor do que em aviários comerciais. Frangos em grupos maiores podem ter mais chances de ver outros frangos comendo do que aqueles em grupos menores; portanto, eles podem ser atraídos com mais frequência para comer, resultando em maior eficiência de utilização do comedouro.

Talvez, menos comedouros sejam necessários em granjas comerciais do que em laboratórios. Enquanto isso, aves em grupos maiores podem ter menos chances de reconhecer os indivíduos claramente e de construir uma hierarquia social estável de dominante-subordinado; portanto, eles podem adotar as estratégias sociais tolerantes à baixa agressão. Como resultado, a baixa oferta de comedouros em granjas comerciais pode não causar agressão e frustração graves às aves e ainda ser aceitável para o bem-estar das aves.

 

Para ler o artigo completo, clique aqui

LI, Guoming et al. Effects of feeder space on broiler feeding behaviors. Poultry Science, 2021.

 

As informações desse texto foram retiradas do artigo intitulado “Effects of feeder space on broiler feeding behaviors” de autoria de:

Guoming Li, Yang Zhao, Joseph L. Purswell, ChristopherMagee

Department of Agricultural and Biological Engineering, Mississippi State University, MS 39762, USA
Department of Animal Science, The University of Tennessee, TN 37996, USA
USDA Agriculture Research Service, Poultry Research Unit, MS 39762, USA

Adaptado por Márcia Cândido – nutriNews Brasil

                                                                                                                                                                                                                                                                      




NOVIDADES

 

REVISTA

Revista nutriNews Brasil 3 TRI 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 





Veja outras revistas



 

Cadastro Newsletter nutriNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

nutriTips
nutriNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies