Exportação de carne bovina é recorde apesar de suspensão chinesa
 
07 out 2021

Exportação de carne bovina em setembro é recorde apesar de suspensão chinesa

Exportação de carne bovina em setembro é recorde apesar de suspensão chinesa

O Brasil exportou 218,5 mil toneladas de carne bovina em setembro, um recorde mensal para o setor apesar da suspensão dos embarques para a China após a confirmação de dois casos de encefalopatia espongiforme bovina (EEB) atípica, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na quarta-feira (06).

O volume de carne bovina exportada em setembro é 31% superior ao embarcado no mesmo mês do ano passado.

O faturamento com os embarques subiu 79% para US$ 1,198 bilhão, também um recorde para o setor.

Nos nove primeiros meses do ano, o volume de exportações de carne bovina brasileira acumulou alta de 2,84%, a 1,5 milhão de toneladas. A receita subiu 22%, a US$ 6,1 bilhões. O principal comprador de carne bovina brasileira é a China, que adquiriu 60,2% do total exportado pelo Brasil neste ano, seguida de Estados Unidos, Chile e Egito.

 

Para entender melhor o que levou a suspensão dos embarques de carne bovina para a China, leia as matérias abaixo:

Brasil suspende exportações à China após confirmação de casos de vaca louca em MT e MG

 

Fonte: Associação Catarinense de Criadores de Suínos| ACCS




NOVIDADES

 

REVISTA

Revista nutriNews Brasil 3 TRI 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 





Veja outras revistas



 

Cadastro Newsletter nutriNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

nutriTips
nutriNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies