5 pontos fundamentais para promover o equilíbrio da microbiota intestinal
 
19 nov 2021

5 pontos fundamentais para promover o equilíbrio da microbiota intestinal de poedeiras comerciais

microbiota intestinal poedeiras
get_the_title



Uma microbiota em desequilíbrio (disbiose) pode ter relação com problemas entéricos que irão causar prejuízos para o setor avícola.

No caso das poedeiras comerciais, que são aves de ciclo longo, o cuidado precisa ser redobrado. A disbiose pode ocorrer em qualquer fase da vida e precisa ser controlada sempre que acontecer, em especial com o auxílio de uso de probióticos, que estimulam a proliferação de bactérias benéficas e permitem o reequilíbrio da microbiota e o retorno às condições de eubiose.

Mas quais são os fatores que podem impactar negativamente a microbiota intestinal? Quais são os pontos fundamentais para promover o seu equilíbrio ao longo da vida de poedeiras comerciais? É sobre isso que vamos falar a seguir.

 

Microbiota e Integridade Intestinal

Microbiota intestinal é composta por microrganismos — principalmente bactérias — que vivem no intestino das aves e desempenham funções essenciais para a sua saúde e performance.

Essa complexa comunidade de bactérias tem grande importância para manutenção da integridade intestinal, conceito bastante amplo que vai muito além do aspecto morfológico.

Além disso, essa microbiota conecta vários órgãos e sistemas — digestivo, imune, nervoso visceral e central — e traz benefícios nos aspectos fisiológicos, nutricionais, imunológicos, sanitários e de bem-estar das aves.

microbiota intestinal poedeirasFisiológicos: a microbiota participa ativamente na proliferação celular, na irrigação sanguínea e na produção de muco;

microbiota intestinal poedeirasNutricionais: a microbiota metaboliza as fibras que as aves não conseguem aproveitar, como os polissacarídeos não amiláceos, e, por meio seu metabolismo, produzem vitaminas e ácidos orgânicos, que servirão como fonte de energia para as aves;

microbiota intestinal poedeirasImunológicos: a microbiota influencia o GALT (tecido linfóide associado à mucosa), que representa 70% da resposta imunológica das aves. Além disso, contribui para a manutenção das tight junctions (espaços estreitos que existem entre as células intestinais) evitando o aumento da permeabilidade intestinal e consequentes inflamações;

microbiota intestinal poedeirasSanitários: as bactérias benéficas da microbiota, constantemente competem com as bactérias patogênicas;

microbiota intestinal poedeirasBem-estar animal: abaixo do cérebro, o intestino é órgão que tem mais terminações nervosas no corpo. A microbiota em equilíbrio contribui para o bem-estar e produtividade das aves, uma vez que, 90% da serotonina é produzida no intestino.

 

Microbiota intestinal de poedeiras comerciais: 5 pontos fundamentais

A microbiota intestinal ajuda a melhorar a absorção de nutrientes, reduz a inflamação intestinal, modula a expressão de citocinas inflamatórias, estimula a imunidade da mucosa, reduz proteínas relacionadas à apoptose, tem ação antioxidante e aumenta o número de IgA e células B.

Depois de entender como é o funcionamento da microbiota e a importância da eubiose para a integridade intestinal das aves, vamos mostrar quais são os pontos decisivos para acompanharmos.

microbiota intestinal poedeiras1. A microbiota intestinal é essencial para a criação comercial de poedeiras.

Esse é o primeiro ponto a ser compreendido. Quando falamos em poedeiras comerciais, um dos pilares mais importantes para aumentar a produtividade e rentabilidade é produzir lotes com peso corporal adequado e elevada uniformidade — principalmente durante a fase de cria e recria.

Nesse sentido, a microbiota em equilíbrio favorece o ganho de peso e a uniformidade dos lotes, pois irá proteger a mucosa intestinal contra microrganismos patogênicos.

 

microbiota intestinal poedeiras2. A colonização precoce é o ponto de partida.

A aplicação de probióticos – ricos em bactérias láticas – no incubatórioinício a colonização intestinal com bactérias benéficas, favorecendo a formação intestinal e aumentando a proteção contra bactérias indesejáveis como salmonelas, cepas patogênicas de Escherichia coli (APEC) e Clostridium perfringens, que colocarão em risco a integridade intestinal.

Deste modo, a colonização precoce é o ponto de partida para obtermos lotes com peso adequado e elevada uniformidade.

microbiota intestinal poedeiras3. Uma vez colonizado, o objetivo é manter a microbiota intestinal em equilíbrio.

Como a microbiota intestinal não é estática, ou seja, ela sofre variações ao longo da vida das aves, é preciso manter seu equilíbrio.

Vale lembrar que diversos fatores são capazes de promover a disbiose. A prática de manejos essenciais à produção (debicagem, vacinações, trocas de ração, transferências, etc.) associados ou não com variações ambientais/climáticas favorecem o desequilíbrio da microbiota e respectivo aparecimento de problemas entéricos.

microbiota intestinal poedeiras4. Prebióticos, probióticos, ácidos orgânicos, nutrição, ambiência, manejos e antibióticos podem modular a microbiota intestinal.

Durante a vida das poedeiras comerciais, esses fatores podem afetar a microbiota. Por um lado, prebióticos, probióticos, ácidos orgânicos e fitoterápicos modulam positivamente a microbiota, favorecendo a fisiologia e o desenvolvimento das aves.

Já as falhas nutricionais, problemas com ambiência e a realização de manejos causadores de estresse irão afetá-la negativamente, promovendo a disbiose e o aparecimento de enfermidades, que necessitarão do uso antibióticos e, com isso, favorecerão a seleção de bactérias resistentes, podendo trazer prejuízos a curto, médio e longo prazo.

microbiota intestinal poedeiras5. Microbiota intestinal em equilíbrio é sinônimo de saúde para as aves e lucratividade para o seu negócio.

No quebra-cabeça do dia a dia da produção, se faz necessário enxergar a microbiota intestinal como peça central, pois naturalmente inúmeros desafios estarão presentes ao longo do ciclo produtivo.

E, conforme decorrido acima, mantê-la em equilíbrio é sinônimo de planteis saudáveis e de negócios lucrativos.microbiota intestinal poedeiras

Contando com Probióticos

Os probióticos, ao melhorar a integridade do trato gastrintestinal das aves, estabelecem um ambiente ideal para o desenvolvimento de uma microbiota equilibrada e, ao mesmo tempo, estimulam o desenvolvimento e maturação do sistema imune (GALT).

Esse cenário é fundamental para que a poedeira possa contar com uma defesa eficiente contra microrganismos patogênicos. E isso possibilita que o intestino das aves desempenhe funções essenciais, como digestão e absorção, que vão resultar em melhor desempenho zootécnico e econômico.

Agora que você já conhece os pontos fundamentais para a manutenção da microbiota intestinal ao longo da vida das poedeiras comerciais, podemos te auxiliar a montar um programa que permita promover a integridade intestinal dos seus lotes. Fale com um de nossos especialistas! Em nosso portfólio há produtos ideais para colonização precoce com centenas de espécies de bactérias — láticas, anaeróbias e anaeróbias facultativas!




NOVIDADES

 

REVISTA

Revista nutriNews Brasil 3 TRI 2021

ARTIGOS DA REVISTA



 
 





Veja outras revistas



 

Cadastro Newsletter nutriNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

nutriTips
nutriNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies