12 nov 2020

Quanta soja é utilizada na fabricação de um produto?



Durante a última década, a produção de soja registrou um importante aumento que passou de 210 milhões de toneladas, em 2008/09, para 337 milhões em 2018/19. A conscientização sobre os impactos ambientais e sociais tem aumentado com o ritmo da produção e muitos participantes da cadeia de valor da soja começaram a desenvolver estratégias para garantir que a soja utilizada nas suas cadeias de suprimento seja obtida de forma sustentável. 

Entretanto, a soja frequentemente não está visível no produto final ou não é utilizada de forma direta no processo de elaboração, mas seus subprodutos (farinha, óleo, lecitina, pellet de casca, etc.) integram os produtos que encontramos nas gôndolas do supermercado. Por essa razão, é difícil conferir se a soja foi utilizada direta ou indiretamente nos alimentos que consumimos, e mais difícil ainda é quantificar o volume total que eles contêm. 

Para facilitar esta tarefa e dar transparência aos processos envolvidos no uso de soja, da produção ao consumo, a Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS), plataforma global que promove a produção, o processamento e a comercialização responsável da soja nível global, desenvolveu o Sistema de Fatores de Conversão e a Calculadora de Pegada de Soja, uma ferramenta que permite aos usuários calcular de maneira prática e rigorosa a quantidade de soja utilizada como insumo para a produção de determinados produtos de soja* (farinha, pellet de casca, óleo, lecitina, etc.), de alimento animal (ração) e de alimentos para consumo humano (por exemplo, carne de boi, frango, leite ou ovos). 

A ferramenta é pública e gratuita, e funciona como qualquer outra máquina de calcular: Selecionando o tipo de produto (de soja*, ração animal ou de consumo humano) e digitando o volume (toneladas, quilogramas, litros), obtém-se o resultado e a quantidade de soja necessária como ingrediente para a elaboração do produto selecionado. 

Para realizar os cálculos, a calculadora utiliza o Sistema de Fatores de Conversão RTRS, um método de conversão que foi desenvolvido a partir de um rigoroso trabalho técnico e de pesquisa. Esse trabalho incluiu o entendimento e análise de cada uma das etapas dos processos de produção da soja e seus resultados, a fim de obter e entregar informação precisa e necessária para realizar um cálculo adequado da soja consumida e contida nos diversos produtos analisados para esta fase da ferramenta.

O Sistema de Fatores de Conversão RTRS apresenta dois métodos alternativos de conversão que poderão ser escolhidos segundo as necessidades de cada usuário da calculadora. 

Alocação por valor econômico: este método utiliza fatores de conversão que reconhecem múltiplos usos da soja e assume que qualquer um deles tem subprodutos associados que se aplicam em outros segmentos (por exemplo, a produção de lecitina dá como resultado, além da lecitina mesma, óleo, farinha e pellet de casca). Portanto, este método utiliza o valor dos diversos produtos para representar de maneira clara que a demanda de soja nem sempre é impulsionada por um único produto em particular. 

Alocação por demanda: este método utiliza fatores de conversão que reconhecem o volume físico de soja necessário para fornecer o/os subproduto/s requerido/s pelo produto. Isso não leva em consideração os outros subprodutos incluídos também no processo de fabricação. 

O relatório técnico sobre a Calculadora de Pegada de Soja da RTRS é público e está disponível online em espanhol, inglês e português.

Por: Comunicação da AgroclimaPRO




 

REVISTA

 





Veja outras revistas



 

Cadastro Newsletter nutriNews Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



 

nutriTips
nutriNews Brasil
no Youtube

 
logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies